Conversa Dentro de Casa

http://www.familiasim.com.br  Conversa dentro de casa poderá ser uma alternativa básica e eficiente para combater a violência. O mundo enlouqueceu e precisamos adotar medidas preventivas para preservar a vida e um dos passos mais importantes é a interação familiar, principalmente agora que conquistamos o direito de expressão. Vivemos dias instáveis e uma conversa dentro de casa é fundamental para o desenvolvimento domiciliar.

Na família, por muitas vezes o excesso de orientação criou um tipo de desconforto que precisa ser reparado, um exemplo típico é não aprender ao ouvir o que os mais jovens têm a falar, os tempos mudaram e esse misto de juventude e experiência é de extrema importância, mas nem sempre aceitável por pessoas conservadoras que se intitulam sábias e não admitem sequer conceder que um jovem possa expor seus pensamentos.

Ora, se entre as pessoas que nos amam a gente não tiver a oportunidade de falar sobre nós com receio de alguma crítica, é lógico que falaremos com outras pessoas mesmo que sejam estranhos. A violência começa exatamente pela falta de interesse em debater assuntos de caráter familiar. Muita gente se preocupa apenas com a violência física e desconhece que essa é o resultado final dos muitos outros tipos praticados.

O nosso emocional sofre variações constantes, algumas momentâneas e outras duradouras e muitas delas fingimos que superamos mas estarão sempre presentes. Eis um dos motivos para que possamos valorizar uma conversa dentro de casa, sem recriminações ou retaliações, mas com critério e convencimento, fazendo do nosso berço um livro para a vida, mas não um livro de ficção ou com páginas rasgadas, faremos um best seller para nós e o mundo.

O ideal é que uma conversa dentro de casa possa través de uma formação consciente, inibir a violência que prolifera, talvez a cultura de preparar para um mundo maravilhoso, precise de mais verdade de que fantasia, estamos entre anjos e demônios, mas poucas pessoas alertam para um mundo real cheio de belezas, surpresas e imprevisibilidade e a qualquer momento poderemos caminhar de mãos dadas com o bem ou o mau, dependendo do disfarce de cada um desses desconhecidos tão presentes em nossas vidas.

Maninho.

Tags

2 comments

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.