Ainda existe amor

download (5)Ainda existe amor, para os dias atuais em que muitas pessoas vêem a individualidade como conquista e que o mundo  apresenta de certa forma um Sentimento cibernético, um tema dessa natureza parece ser fora de moda ou melodramático. Mas entendemos que o brilho nos olhos e a aceleração cardíaca movida pela emoção nunca perderá espaço para pessoas robotizadas por decepções sofridas ou pelo medo de amar.

Ainda existe amor, muito embora não haja uma divulgação com tanto entusiasmo devido problemas de natureza emocional, mas o romantismo deve continuar. Não podemos esperar que o mesmo se apresente com a capa da inocência de antes,  mesmo porque a humanidade evoluiu e com isso aprendeu a distinguir os valores de aparência e transparência.

Amores desfeitos, falsas promessas e inconstâncias fizeram com que a credibilidade do relacionamento cedesse espaço para a desconfiança ou a incerteza. Hoje as atitudes precisam convencer e de formas claras, só falar não é o suficiente. Muitos pensam que o amor diminuiu mais ele  apenas se protegeu, estava ficando muito exposto e vulnerável e por questões de amor próprio está escolhendo moradas seguras.

Independente e indiferente existe um tipo de amor para cada pessoa ou situação e entender como e porque essa diferença já  é um assunto muito mais complexo, as vezes alguém nos deixa porque nos ama demais e ver que a única solução é sair de mansinho, já outros amam tanto que não conseguem se desprender é como se fossem um anjo protetor e outros amam só a si mesmo e alguns só aos outros.

Entender as várias formas de amar continua sendo um grande desafio, e por incrível que pareça existirá momentos que mar a nós e aos nossos princípios será a forma mais lógica para que possamos amar os outros. O amor existe, com uma essência aparentemente alterada mais de teor imprescindível para que a vida continue a ter sentido, e amar é antes de julgar ou condenar, entender as razões se posicionando de forma inversa e quando houver dissipado todas as dúvidas, aí sim formalizar um posicionamento de forma que se sofrermos com a ausência, estaremos  com a nossa consciência isenta de qualquer  suspeita.

O amor não tem medida certa ou tempo para acontecer, portanto não precisamos de pressa e se sabemos que a qualquer momento ele pode chegar. Vamos ser pacientes para quando o amor chegar, vive-lo  em plenitude porque se brincarmos de amar, o tempo não perdoa.

 

Ass.  Maninho.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

top