Doar, Um Ato de Nobreza

      Doar, um ato de nobreza o qual nos aproxima de ações humanitárias e nos distancia da avareza. Não precisamos de muito e as vezes já possuímos além das nossas prioridades e podemos doar um pouco aos muitos que quase nada têm, mas alguns de nós continuamos com o apego desenfreado pelas conquistas que não conseguimos dimensionar as doações que a vida nos deu.

Quando atingimos um grau de evolução suficiente entendemos que doar é um das mais nobres forma de amar. Era uma vez uma menina que não media esforços para defender o amor e a vida e mesmo sem recursos financeiros doou de sua vida trabalhando sem remuneração em clínicas e hospitais, quando chegava em casa tinha o prazer de compartilhar sua experiência e seus olhos brilhavam de felicidade. Doar, é um ato de nobreza e não existe valores comparativos porque em cada doação é o coração que fala mais alto e muitas vezes até um sorriso pode mudar o dia triste de uma pessoa e devolver a mesma a esperança de dias melhores.

O mundo parece um conto de fadas onde o bem e o mal lutam na mesma floresta, cabe a cada um de nós escolher o lado o qual defenderemos e de preferência o lado do bem onde possamos nos doar de corpo e alma, desapegando de bens materiais e construindo passagens para dimensões superiores sem ter medo de perder o que certamente não precisaremos levar.

Doar, um ato de nobreza incomparável. Se em nossas vidas tivéssemos mais sabedoria de que orgulho, mais transparência de que aparência e conseguíssemos diminuir os desejos de posse substituindo por doações, seríamos sem dúvida a semelhança do criador, mas o nosso insaciável querer está destruindo o que temos de mais importante, o espírito.

Mas no universo existem milhões de pessoas com boas intenções, mas isso não é o suficiente se a gente não colocar em prática os nossos projetos de doações, doe um pouco de tempo, um muito de carinho, bastante atenção, analise com cuidado o quanto você pode fazer e ainda não fez, ah, podemos fazer tanto sem precisar de muito, porque existem tantas riquezas com valores diferentes e a gente nem se dá por conte dessa verdade.

Maninho.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

top