Educar Com Equilíbrio

    Educar com equilíbrio é uma atitude que demonstra evolução e cidadania, precisamos eliminar qualquer tipo de violência física ou emocional e entender que os tempos mudaram e as criança têm direitos, o ideal é conhecer os estatutos da infância e adolescência, tratando com respeito e dignidade.

As mutações de todas as raças são evidentes, e a nossa evoluiu com uma velocidade assustadora, e temos que desenvolver estratégias para acompanhar esse processo evolutivo. Educar com equilíbrio exige mudanças de práticas conservadoras que por muito tempo foram eficientes, isso porque a humanidade estava mais preocupada em aparências, deixando as relações humanas em planos secundários.

Muito embora a gente ainda veja cenas antigas de palmadas e gritos, acreditamos nas ações do consciente coletivo para acabar com essa insegurança. Os educadores são destaques especiais nessa mudança de comportamento, esses profissionais fazem um belo trabalho de conscientização do mundo adulto, mostrando que medo não é respeito, e se tirarmos das crianças o direito de ação e expressão, elas nunca irão atingir a autoconfiança necessária para enfrentar as adversidades.

Vamos admitir, querer que uma criança tenha comportamento adulto isso é anormal e desumano. A natureza divide a nossa vida em fases não é por acaso, isso faz parte de um projeto de sustentação e aos poucos vamos avançando. Educar com equilíbrio é entender que criança precisa viver cada ciclo, e não esquecer que também já fomos bem menores. A maioria de nós ainda está bradando o não, tantas vezes repetido em nosso tempo de criança.

Corrigir, orientar e manter o controle da situação continua sendo super importante, mesmo porque a nossa participação na formação moral e social é uma grande responsabilidade da qual não podemos nos eximir. Existem tantas participações em redes sociais, mas poucas abordam um tema tão abrangente, sabemos que as mesmas são direcionadas ao público adulto e esse espaço seria de extrema importância para publicações relacionadas ao assunto.

Mesmo com muitos programas de educação infantil, alguns pais ignoram o assunto, é recomendável começar a participar ativamente desses projetos e se querem mesmo educar com equilíbrio, faz-se necessário valorizar as orientações dos educadores e profissionais da área, para depois não virem com a desculpa de que o mundo está perdido, isso não justifica, afinal também somos parte dele.

A humanidade está confusa, e talvez demore bastante para essa insegurança diminuir, mas podemos participar positivamente nesse processo de mudança, começando dentro dos nossos lares, agindo com autonomia e sem violência, respeitando os direitos, e acabando os preconceitos, mostrando aos nossos pequenos a igualdade de direitos e valores
< Maninho. 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

top