Gosto Amargo

Qualquer dia, ou em qualquer hora, uma nota musical vai partir esse coração. Se as divindades permitirem quando surgirem outras notas tudo voltará ao normal, mas se por algum motivo isso não acontecer, teremos um coração divido. O músico talvez nem tenha visto o detalhe, estava tão concentrado, e a música era tão especial, que de olhos fechados ele tentava esconder uma lágrima.

Talvez por amar a música, ou quem sabe em seu show está faltando alguém muito especial, que resolveu dar adeus e seguir a procura de um outro show. E em nosso incrível show da vida, muitas vezes escondemos as lágrimas e nos perguntamos oque seria pior, o ardor das mesmas em nossos olhos ou o gosto amargo em nossa garganta.

Sobreviver a esses momentos, é sobreviver a uma guerra. Nunca estamos prontos para um adeus, o gosto amargo que fica parece querer nos calar, a voz trava, ou treme, por não poder e nem saber porque aconteceu, e em casos assim é muito mais amargo. o amor não é um desenho, em que um coração é dividido mas a música continua tocando. O amor é muito mais que isso, é o sentimento mais puro e necessário para a nossa felicidade, sem amor, somos apenas passageiros de um trem sem destino, em que em cada estação procuramos a felicidade, sem a certeza que esse trem nos leva até a ela.

Em alguns momentos, abraçar a nós mesmos,é a certeza que teremos forças para entrar e sair de qualquer trem, descer em qualquer estação sem ter que procurar ninguém, e nos surpreendemos em sentir toque da felicidade, que nos diz bem baixinho, não vou lhe abandonar, porque lhe adotei, e o que está acontecendo, são apenas viagens que todos nós fazemos até encontrarmos a estação certa.

E essa estação é a estação do amor, e diferente das estações da paixão, da aparência, do momento, da atração, em que sofrem tremores constantes, e é servida uma bebida de gosto amargo, na estação do amor também tem tremores, mas em proporções pequenas e suportáveis, só o bastante para sabermos que as colunas foram edificadas de forma segura, e em qualquer emergência, um trem vai passar e levar todos em segurança para a estação da vida, e ao contrário dos outros, podemos pagar a passagem, porque a passagem do trem é o amor no coração.

Mas do jeito que esse mundo está, muita gente vai ficar, parada nas estações aprendendo o que fazer para poder pagar a passagem, e bebendo a bebida de gosto amargo, vai amargando por não saber ou aprender a amar de verdade. Mas a dona felicidade, não abandona ninguém, deixa sofrer um pouquinho, sentir o gosto da lágrima, e até dar a opção de mostrar ou de esconder, só não deixa ficar sem sabor, e no tempo certo ela chega e nos abraça.

Qualquer pessoa que estiver na estação certa ou nas estações erradas, não se desesperem, a dona felicidade vai abraçar todas essas pessoas, até para os acham que não vai dar tempo, ou que já passou do tempo de ser feliz, aqui vai ela um breve aviso: Tem aqui ou além daqui, mas tem, e sempre terá um portal da felicidade, pelo qual vamos passar um dia, e ela estará de braços abertos para nos receber, portanto se não está conseguindo enxergar seu portal, não se entristeça, a felicidade não lhe perdeu de vista, a qualquer momento ela lhe abraça.

Sabe, esse gosto amargo de agora, vai passar por um rigoroso processo, e em breve se alguma lágrima aparecer, não será amarga nem salgada, terá o doce da doçura da felicidade, não vamos nos perder vagando de trem em trem, vamos ser feliz entrando no trem que nos leva a estação certa.

One comment

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

top