Lobos e Cordeiros

      Lobos e cordeiros não pertencem ao mesmo pasto e quem tentar cria-los juntos estará  desafiando e contrariando a sabedoria da natureza.  A existência de ambos não é por acaso, as grandes diferenças entre as matilhas e os rebanhos é uma grande lição para todos nós., Certa vez um camponês colocou um filhote de lobo junto com os borregos e afirmou que era uma questão de adaptação e a convivência era possível, meses depois um filhote desapareceu e o pequeno lobo  juntou-se a matilha.

As pessoas pensam que podem controlar as outras, mas o instinto parece ser bem mais forte de que qualquer pretensão de adaptar relacionamento. As vezes as pessoas prometem  que vão mudar de comportamento, mas com o passar do tempo volta o instinto do pequeno lobo, isso porque cada pessoa tem sua própria personalidade e renascer na sociedade não é nada fácil.

Somos todos carentes de perfeição, e muitas vezes até conseguimos disfarçar nossas deficiências, no entanto alguns expõe claramente suas características e ao aceitá-las, futuramente não temos o direito de exigir mudanças radicais, eis o porque tantas separações e conflitos. Dizer que o amor cega a gente e por isso sofremos tantas desilusões. Mas o que cega mesmo é o desamor, esse tira a visão e exclui a razão.

A sociedade está cheia de lobos e cordeiros, não é necessário promover a extinção de nenhuma dessas classes,no ideal é que elas ficassem em seus grupos de origens, até que a própria natureza cuidasse da evolução das espécies, quem sabe um dia não seja mais preciso construir cercas para proteger os rebanhos. Vivemos na expectativa de que esse dia chagará, mas enquanto ele não vem podemos fazer a nossa parte e construir um mundo melhor, em que a paz possa começar com a simples conscientização de que a qual grupo pertencemos.

Maninho.

 

 

Tags

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

top