Passeio Intergalático

      Existe uma miríade de seres orbitando no espaço sideral em missões sagradas e secretas que contribuem com seu legado e liberdade para a harmonia essencial entre os mundos. Estes seres pertencem apenas aos desígnios do equilíbrio cósmico, são partes inseparáveis do todo e transpondo qualquer situação ou apego, inclusive o amor, precisam voltar sempre para o seu primeiro e antigo lar: O universo transcendente.

Os seres intergaláticos, enquanto pessoas em sua rápida passagem pela terra, tem uma vida inusitada e as vezes conflitosa, o que é compreensível porque são estrangeiros aqui, no entanto deixam marcas indeléveis em cujas vidas porque foram tocadas com a benção e a alegria de sua presença transitória e ganham merecidamente sua segunda imortalidade: Não poderão jamais ser esquecida.

Estrangeiros entre tantas dimensões, estes seres fazem seu intercâmbio espiritual de uma maneira muito rápida e enigmática, mas voltam sempre para casa, em sua morada azul aveludada entre as estrelas, permitindo que o antes e depois não seja visto como princípio ou fim, mas de uma forma natural pertencente aos segredos transitórios os quais continuam envoltos em mistérios milenares.

Nesse passeio intergalático somos todos passageiros de naves e órbitas diferentes, mas nesse universo imensurável encontros e reencontros são possibilidades tão avançadas quanto a diversidade do mesmo e nós não seremos apenas pontos luminosos, estaremos interligados pela a indecifrável energia do universo em que somos parte de um todo.

Maninho.

 

 

One comment

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

top